Firmeza para educar

Escrito em 17/08/2021
Daniella Faria


Oi gente, tudo bem?

Essa caminhada no processo de educação é mesmo um desafio e tanto não é mesmo? Um dos pontos mais desafiadores é alinharmos nossos propósitos como pais e mães. Se nosso proposito estiver voltado para o bem-estar imediato muitas vezes podemos permanecer presos ao querer das crianças e acabarmos prejudicando o processo de desenvolvimento e aprendizado delas. Vejo como um dos grandes desafios da educação o aprendizado para a responsabilidade, autonomia e um bem maior. Esse caminho acontece fora do espaço de conforto e um dos maiores gestos de amor que podemos ter como pais é prepararmos nossos filhos para a realidade da vida.

As vezes por medo de não sermos amados deixamos de educar por não queremos desagradar as crianças. Acabamos por permanecer no agrado, cada vez mais necessários e tornando as crianças mais dependentes. A coisa boa é que esse processo não se sustenta e caímos em outra armadilha, exigimos que já saibam o que não trilhamos com eles em todas as oportunidades que surgiram de aprender.

No bom proposito, acolhemos o querer, trazemos bons valores e princípios e educamos com ferramentas que geram o aprendizado da noção de consequência, da capacidade de escolha e na direção do aprendizado constante. A liberdade do querer será acompanhada pela responsabilidade desenvolvida nesse caminhar.  E assim, nossa postura como pais será boa semente no desenvolvimento dos nossos filhos. Nossa postura terá o bom propósito de ser gesto de amor e não de agrado. Para isso o “não” fará parte do caminho mas pode ser vivido neste incrível espaço de acolhimento e respeito. Vamos?

Com amor, Dani

Deseja marcar uma consulta particular, acesse aqui.

Participe do curso Educação Infantil Online, acesse aqui.